Como atuam os tratamentos naturais para infertilidade

as terapias naturais que ajudam a engravidar

A medicina moderna, tradicional, embora tenha evoluído lindamente nos últimos anos, ainda não consegue atuar diretamente na CAUSA  de grande parte dos problemas relacionados a fertilidade. Tratam-se os sintomas, engana-se o organismo, confunde - se o processo natural e os resultados são sempre provisórios. 

A medicina tradicional chinesa nos tratamentos de infertilidade por sua vez, assim como outras terapias naturais associadas, visam o tratamento do individuo como um todo. Corpo, mente e espírito trabalhando juntos para a cura de suas enfermidades e dificuldades de qualquer espécie.

Não é raro observar utentes que buscam tratamentos de fertilidade natural e acabam obtendo resultados significativos para  problemas paralelos como insônia, dores musculares, enxaqueca, esteatose hepática, doenças autoimunes, cardiovasculares, circulatórias, diabetes, obesidade, problemas intestinais, estomacais entre outros. Isso porque o organismo como um todo é parte atuante em qualquer processo de cura, independente de onde esteja focada a dificuldade em questão. 


Tratamentos naturais para infertilidade 

Os tratamentos naturais para infertilidade tem como base técnicas desenvolvidas e testadas por milhares de anos.  

Há evidências científicas crescentes que mostram que otimizar a saúde de mulheres e homens antes da gravidez pode melhorar a fertilidade, a saúde dos bebês e até mesmo determinar a saúde ao longo da vida. Os tratamentos naturais usam uma abordagem pró-ativa que pode ser usada na preparação para a gravidez e como tratamento para a infertilidade. Uma abordagem inclusiva incorpora os sistemas reprodutivos feminino e masculino, a saúde geral e o bem-estar e fatores ambientais. O tratamento para uma ampla gama de problemas de fertilidade inclui infertilidade inexplicada, baixa contagem de espermatozoides, morfologia da motilidade e integridade do DNA, desequilíbrios hormonais, complicações imunológicas (anticorpos, infecções e inflamação), problemas sexuais, tempo, implantação e crescimento deficiente de um embrião.


Ao examinar ambos os sexos e suas questões prevalecentes, fica claro que uma
combinação de desequilíbrios hormonais e saúde reprodutiva são os principais culpados de por que a infertilidade surge. 
Com isso em mente, começar um plano de


defesa com 
 tratamentos naturais de fertilidade  é talvez a melhor decisão que você pode tomar, já que as alternativas naturais irão primeiro resolver muitos problemas de saúde e deficiências subjacentes. 


Seu corpo pode fazer algumas coisas milagrosas, uma vez que você comece a nutri-lo com a abordagem e mentalidade certas. Ajustes em sua dieta, hábitos, atividade física e saúde mental desempenham um papel vital na manutenção de sua fertilidade, e você ficaria surpreso com a facilidade de incorporar muitos desses tratamentos naturais. 

Alimentação adequada para engravidar


Quando você decide que quer um filho e de repente se vê diante da possibilidade de que isso não aconteça, pode ser altamente estressante e emocionalmente devastador. Esse estresse costuma desencadear uma reação em cadeia física em seu corpo que pode dificultar ainda mais a gravidez. O estresse crônico esgota os nutrientes do seu corpo”. “Isso pode realmente comprometer a fertilidade de uma mulher.” Em 2009, pesquisadores suíços analisaram 21 estudos anteriores e concluíram que o tratamento para problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade, aumentava as taxas de gravidez para casais. Logo o  foco de qualquer programa de fertilidade natural, entre outras coisas relevantes, é ajudar as mulheres a recuperar o senso de controle sobre suas vidas e a serem felizes. Quando fazemos isso, as coisas começam a funcionar melhor. Terapeutas naturalistas especialistas em fertilidade atribuem o sucesso de seus programas ao fato de tornarem seus clientes mais saudáveis, aliviando o estresse e dando-lhes poder para cuidar melhor de si mesmos. Além disso, estudos mostram que as mulheres tendem a fazer mais sexo quando se sentem bem.


Tratamentos naturais simples para fertilidade 


Medidas simples do dia a dia são a base para qualquer tratamento de fertilidade natural. Comece hoje seu tratamento implementando hábitos e retirando de sua rotina atitudes que afetam a sua fertilidade.


1. Corte os vícios: álcool, cigarros e cafeína reduzem a fertilidade masculina e feminina - e também não são saudáveis ​​para o feto. Até o fumo passivo está relacionado a problemas de fertilidade e aborto espontâneo.

2. Fazer sexo: Não, sério. Muitas clientes que fazem tratamentos de fertilidade há anos descobrem que “o sexo não está mais no radar”. O sexo regular não apenas aumenta suas chances de engravidar; um estudo descobriu que homens que ejaculam regularmente têm espermatozoides mais saudáveis.

3. Deixe quente: a pesquisa mostra que os homens podem ejacular 50% mais espermatozoides quando estão se divertindo - e quando as mulheres têm orgasmo durante o sexo, isso coloca os espermatozoides mais perto do colo do útero, aumentando a chance de concepção. Se sua libido estiver diminuindo, recorrer afrodisíacos naturais é sem dúvida uma boa alternativa.

4. Verifique seu muco:
 Alguns especialistas em fertilidade desencorajam as mulheres a mapear a temperatura do corpo para descobrir quando estão ovulando: é um processo demorado que nem sempre é preciso. Em vez disso, verifique a secreção na vagina todos os dias. (Quando está claro e escorregadio e parece uma clara de ovo, você está fértil e é hora de fazer sexo.)

5. Priorize o sono: Seu sistema reprodutivo está em um ciclo ligado ao seu ritmo circadiano, então registrar mais horas entre os lençóis é importante. (Um estudo descobriu que trabalhadores por turnos têm uma taxa de aborto mais alta devido em parte aos seus padrões de sono interrompidos.) Para garantir um sono mais longo e melhor, mantenha seu quarto totalmente escuro, desligue seu celular e aparelhos eletrônicos e vá para a cama no mesmo horário todos os dias, dê preferência até as 23:00.

6. Alimentação para ser mais fértil : A má nutrição geralmente desempenha um papel importante, assim como a exposição a certos produtos químicos. A idade desempenha um papel menor antes da menopausa do que se pensava originalmente. Embora existam muitos especialistas em fertilidade maravilhosos por aí, apenas alguns profissionais sabem como testar e tratar qualquer um desses possíveis problemas subjacentes. Tratamentos extremos de fertilidade funcionam para alguns, mas podem ser muito desgastantes do ponto de vista emocional e físico, sem mencionar que são muito caros.

A boa notícia é que as mudanças na dieta e no estilo de vida podem fazer uma enorme diferença na fertilidade e, muitas vezes, ajudar com outros problemas, como excesso de peso, falta de energia, problemas de açúcar no sangue, problemas de pele e insônia no processo. Mesmo aqueles que optam por se submeter a tratamentos convencionais de fertilidade podem ajudar a melhorar suas chances de trabalhar, apoiando seus corpos de maneiras naturais também.

Nos tempos modernos, muitas pessoas estão subnutridas, apesar de estarem acima do peso. O corpo simplesmente não permitirá que ocorra a concepção ou que a gravidez continue se não tiver os fundamentos básicos de que precisa para mantê-la.

Muitas mulheres optam por uma dieta pobre em gorduras e rica em fibras na tentativa de aumentar a saúde e perder peso. Foi demonstrado que a perda de peso aumenta a fertilidade, mas perder peso dessa forma raramente é eficaz para aumentar a fertilidade porque priva o corpo das proteínas e gorduras necessárias para a produção de hormônios.

Algumas maneiras nutricionais para ajudar a otimizar a fertilidade:

  • Remova grãos processados , outros alimentos processados, açúcares e amidos da dieta.
  • Obtenha mais carboidratos ricos em nutrientes de vegetais, algumas frutas e fontes de amido, como batata-doce e abóbora.
  • Aumente as gorduras saudáveis ​​na dieta, especialmente de fontes como cocos, óleo de coco, azeitonas e azeite de oliva, manteiga, carnes alimentadas com capim, ovos, abacate e nozes.
  • Obtenha proteína suficiente, especialmente de carnes alimentadas com capim, ovos e nozes. Isso também é importante durante a gravidez, pois a proteína adequada pode ajudar a minimizar o risco de certas complicações na gravidez.
  • Coma muitos vegetais, especialmente variedades de folhas verdes como alface, espinafre, brócolis, couve-flor, couve, acelga, repolho, couve de Bruxelas e vegetais semelhantes.
  • Beba bastante água . A hidratação é importante para muitas funções do corpo, incluindo a fertilidade.
  • Mantenha os níveis de insulina sob controle. Mesmo que você não tenha diabetes tipo II, uma dieta rica em carboidratos costuma estar associada a algum nível de resistência à insulina. Otimizar os fatores dietéticos com os métodos acima ajudará a tornar seu corpo mais sensível à insulina, o que ajudará na produção de outros hormônios e no funcionamento adequado do corpo.

Para algumas mulheres, a nutrição por si só pode ser suficiente para sustentar a fertilidade do corpo. É muito importante continuar com essas coisas depois da gravidez e não parar de se alimentar de maneira adequada, o que é ainda mais vital para o crescimento de um feto.

Nos programas de tratamento natural para combate a infertilidade desenvolvidos por Tatiana da Costa, terapeuta naturalista especialista em infertilidade, a mudança no estilo de vida e uma nutrição adequada se apresentam como os primeiros pilares para solução das dificuldades envolvidas no processo de concepção. 

Consultoria Especializada online e presencial - 11 91008-7823  whatsapp
Terapeuta naturalista especialista em infertilidade


About

AutorTatiana da Costa - Terapeuta Naturalista certificada.Trabalha com saúde da mulher e terapias naturais a mais de 12 anos.
Leia mais →